Caboclo - Repositório Institucional UFRB CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras PPGCS - Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais CAHL - PPGCS - Dissertações
Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/501
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.degree.level: Mestrado Acadêmico
Title: As negras que conheci: uma análise sobre o cotidiano das trabalhadoras domésticas da cidade de Cruz das Almas - BA
metadata.dc.creator: Cruz, Jamile Campos da
metadata.dc.contributor.advisor1: Figueiredo, Ângela
metadata.dc.contributor.referee1: Pinho, Osmundo
metadata.dc.contributor.referee2: Bernardinho-Costa, Joaze
Citation: CRUZ, Jamile Campos da. As negras que conheci: uma análise sobre o cotidiano das trabalhadoras domésticas da cidade de Cruz das Almas - BA. 2012. 115 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Centro de Artes, Humanidades e Letras, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cachoeira, 2012.
metadata.dc.description.resumo: O trabalho doméstico remunerado no Brasil é uma das atividades mais desvalorizada socialmente, concentrando uma série de aspectos excludentes, como baixa remuneração, ampla jornada de trabalho e contratação as margens da legalidade. Diversos autores da temática racial, de gênero e os que se debruçam especificamente sobre o trabalho doméstico compreendem uma relação entre essa atividade e o passado colonial escravista que marcou de maneira perversa a população brasileira (GRAHAN 1992, BACELAR 2008, KOFES 2001). Sendo essa atividade executada pela população feminina mais preta e pobre, incorpora descriminações de gênero e raça ao eleger o papel especifico da mulher negra na sociedade. Como consequência essa é uma atividade extremamente desvalorizada nacionalmente, entretanto, as cidades menores que fogem a lógica dos grandes centros - como a cidade de Cruz das Almas – BA - resguardam algumas características que alargam essa desvalorização – como a extrema subordinação e exploração das trabalhadoras domésticas.
Keywords: Trabalho doméstico
Negras
Trabalhadora doméstica - Cruz das Almas (BA)
Relações de gênero e raça
Identidade e diferença
Cruz das Almas (BA)
Abstract: The domestic labor in Brazil is one of the most socially undervalued, focusing a series of exclude features such as low pay, working hours and extensive contracting margins of legality. Several authors of the racial issue, gender, and that focus specifically on domestic labor comprise a relationship between this activity and colonial past of slavery that marked perversely the Brazilian population (GRAHAN 1992, BACELAR 2008, KOFES 2001).This activity being performed by the female population black and poor, incorporates gender and race discrimination to elect the specific role of black women in society. As a result this is a vastly undervalued nationwide, however, smaller cities that are beyond the logic of the great centers – like the city of Cruz das Almas- BA - protecting some features that extend this devaluation - as the extreme subordination and exploitation of the home-mades.
metadata.dc.subject.en: Housework
Black
Domestic worker - Cruz das Almas (BA)
Gender and race relations
Identity and difference
Publisher: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
metadata.dc.publisher.department: CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Issue Date: 2012
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/501
Appears in Collections:CAHL - PPGCS - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Negras_Conheci_Analise_Dissertacao_2012.pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.