Caboclo - Repositório Institucional UFRB CCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas PPGEA - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola CCAAB - PPGEA - Dissertações
Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2820
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSilva, Neilon Duarte da-
dc.date.accessioned2023-10-17T22:03:49Z-
dc.date.available2023-10-17T22:03:49Z-
dc.date.issued2017-02-08-
dc.identifier.urihttp://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2820-
dc.description.abstractAn important requirement for any water resources management program is knowledge of the natural processes that regulate the hydrological cycle, especially when it comes to spatial and temporal analyzes of these processes. The balance between precipitation and evaporation essentially defines water availability in a region. Irrigation planning and water resource management go hand in hand and when well executed, promote the maintenance and preservation of water resources without loss of productivity. In this context, the objective of this work was to perform a spatial and temporal analysis of reference evapotranspiration via Penman-Monteith FAO56 in relation to irrigated agriculture planning for annual crops and climatic trends of the meteorological variables in the São Francisco river basin. Meteorological data from the National Institute of Meteorology (INMET) were used and cover the period from 1961 to 2015. From this historical series, a spatial modeling of ETo and the zoning of annual crops in the São Francisco basin were performed in response to local water demand, relief and soil type. In the ETo determinations, the Penman-Monteith method - FAO 56 was used. Given the climatic trends determined by the Maan-Kendal test, the weight of each meteorological variable in the ETo calculation was determined. Spatial analysis in the São Francisco River basin showed that total annual ETo ranged from 1216.8 mm to 2114.2 mm. The sub-region São Francisco is the one that presented greater water demand, in the region of the Upper São Francisco, in turn, the zones with the milder regions were observed. A simulation of scenarios for the implantation of the corn crop showed that its viability under dry cultivation has a maximum arable area of 40% of the territory of the basin during the periods of planting beginning in January and / or February, November and / or December. Almost the entire territory of the basin is located in zones of water deficit, mainly in the periods of planting that go from the month of May until September. In the final compute of the ETo, there is a marked difference in influences of meteorological variables. On monthly scale, the relative humidity of the air, has greater contribution, followed by solar radiation. On a daily basis the roles are reversed, solar radiation has a greater impact on the calculation of ETo. The temporal analysis shows that the current scenario of the basin is that more than 80% of the territory of the basin presented an increase of the evapotranspiration rates in the order of 2.424 mm year-2.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Recôncavo da Bahiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSIG (Sistemas de Informação Geográficas)pt_BR
dc.subjectMudanças climáticaspt_BR
dc.subjectAnálise de sensibilidadept_BR
dc.subjectBacia hidrográfica - São Francisco (Rio) - Brasilpt_BR
dc.subjectHidrologia - Recursos hídricos - Evapotranspiraçãopt_BR
dc.titleEstimativa, análise espacial e temporal da evapotranspiração de referência (eto) na bacia hidrográfica do Rio São Francisco, Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.resumoUm requisito importante a qualquer programa de gerenciamento dos recursos hídricos é o conhecimento dos processos naturais que regulam o ciclo hidrológico, principalmente quando se trata de análises espaciais e temporais desses processos. O balanço entre a precipitação e a evaporação define essencialmente a disponibilidade hídrica numa região. O planejamento da irrigação e a gestão de recursos hídricos andam lado a lado e quando bem executados, promovem a manutenção e preservação dos recursos hídricos sem perdas na produtividade. Nesse contexto, esse trabalho teve por objetivo realizar uma análise espacial e temporal da evapotranspiração de referência via Penman- Monteith FAO56 face a ao planejamento da agricultura irrigada para culturas anuais e tendências climáticas das variáveis meteorológicas na bacia do rio São Francisco. Dados meteorológicos do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) foram utilizados e compreendem o período de 1961 a 2015. A partir dessa série histórica, foi realizada uma modelagem espacial da ETo e o zoneamento de culturas anuais na bacia do São Francisco face a demanda hídrica local, relevo e tipo de solo. Nas determinações da ETo utilizou-se o método de Penman-Monteith - FAO 56. Face as tendências climáticas determinadas pelo teste de Maan-Kendal, foi determinado o peso que cada variável meteorológica tem no computo da ETo. A análise espacial na bacia do Rio São Francisco mostrou que ETo total anual variou entre 1216,8 mm a 2114,2 mm. A região do Submédio São Francisco é aquela que apresentou maior demanda hídrica, na região do Alto São Francisco por sua vez, foram observadas as zonas com regiões mais amenas. Uma simulação de cenários para a implantação da cultura do milho revelou que sua viabilidade sob cultivo sequeiro tem área máxima cultivável de 40% do território da bacia nos períodos cujo plantio se iniciam em janeiro e ou fevereiro, novembro e ou dezembro. Quase todo o território da bacia se encontra em zonas de déficit hídrico, principalmente nos períodos de plantio que vão do mês de maio até setembro. No computo final da ETo, há uma diferença marcante quanto a influências de variáveis meteorológicas. Em escala mensal, a umidade relativa do ar, tem maior contribuição, seguido da radiação solar. Em escala diária os papeis se invertem, a radiação solar passa a ter impacto maior sobre o cálculo da ETo. A análise temporal mostra que o cenário atual da bacia é que mais de 80% do território da bacia apresentaram aumento das taxas de evapotranspiração na ordem de 2,424 mm ano-2.pt_BR
dc.degree.levelMestrado Acadêmicopt_BR
dc.contributor.advisor1Oliveira, Aureo Silva da-
dc.contributor.referee1Borges, Valéria Peixoto-
dc.contributor.referee2Vellame, Lucas Melo-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicaspt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Agrícolapt_BR
dc.publisher.initialsUFRBpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIASpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLApt_BR
dc.subject.enGIS (Geographic Information Systems)pt_BR
dc.subject.enClimate changept_BR
dc.subject.enSensitivity analysispt_BR
dc.subject.enRiver basin - São Francisco (Rio) - Brazilpt_BR
dc.subject.enHydrology - Water resources - Evapotranspirationpt_BR
Appears in Collections:CCAAB - PPGEA - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NEILON DUARTE DA SILVA_Dissertação.pdf4,31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.