Caboclo - Repositório Institucional UFRB CCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas CCAAB - Cursos de Graduação CCAAB - Bacharelado em Engenharia Florestal - TCC
Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2727
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.degree.level: Bacharelado
Title: Ocorrências de incêndios florestais no Parque Nacional da Chapada Diamantina, BA, no período de 2010 a 2014
metadata.dc.creator: Oliveira, Suilan Furtado
metadata.dc.contributor.advisor1: Poelking, Everton Luís
metadata.dc.contributor.referee1: Sampaio, Claudia Bloisi Vaz
metadata.dc.contributor.referee2: Mendez, Jesus Manuel Delgado
metadata.dc.description.resumo: A Chapada Diamantina é rica em belas paisagens e exuberante beleza cênica se destacando entre os pontos de turismo mais procurados do estado da Bahia, com repercussão internacional. A região é extremamente rica em biodiversidade e hidrologia, tendo forte destaque às inúmeras nascentes existentes na região, e sendo uma região inserida interior do Semiárido Nordestino é vista como um Oásis. Com toda a importância inerente a esta região, os incêndios que são recorrentes naquela região é de relevante preocupação dos habitantes locais, pesquisadores e defensores do meio ambiente. Com foco neste problema o presente trabalho tem como objetivo analisar a área queimada, causas e recorrências, com base nos Registros de Ocorrência de Incêndios no Parque Nacional da Chapada Diamantina - Bahia (PNCD), como também analise da área queimada através de imagem de satélites em interpretação em escala temporal. O Parque foi criado em 1985, possuindo área de aproximadamente 152,42 km2, englobando os municípios de Palmeiras (5,97%), Lençóis (14%), Andaraí (23%), Itaete (0,14%), Ibicoara (1,84%), Mucugê (54,47%). Foram elaborados mapas de Risco de Incêndio, relacionando-o com a probabilidade da sua ocorrência, o risco e a sua variável dinâmica, além da relação direta com as características do material combustível natural, frequentemente encontrado no local, sendo visto como um fator estático. Foram realizadas análises dos Registros de Ocorrência de Incêndios (ROIs), feitos entre os anos de 2010 a 2014, mostrando que os maiores índices de incêndios são principalmente nas cidades de Palmeiras, seguidos de Mucugê, Andaraí e Lençóis. Os meses de Dezembro e Maio foram os que tiveram o menor índice de ocorrência, destaque para o período de seca ou estiagem sendo esses os meses onde são registrados o maior numero de ocorrência no ano, dentro do perímetro do PNCD, sendo estes localizados próximos a corpos d água. Foram gerados mapas dos locais onde ocorrem os incêndios, em três situações diferentes; Antes da queima, alguns dias depois da ocorrência do incêndio e aproximadamente um ano depois deste. É muito importante a pesquisa e o entendimento sobre a dinâmica do fogo e sua relação com a vegetação, pois através delas podemos identifica ou inferir, como esse ambiente tão rico e tão complexo esta reagindo a inúmeras ocorrências de incêndios ao longo dos anos.
Keywords: Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA)
Registro de ocorrência de incêndios
Incêndios florestais
Abstract: The Chapada Diamantina is rich in beautiful landscapes and lush scenic beauty stood out among the most popular tourism spots of Bahia, having international repercussions. The region is rich in biodiversity and hydrology, located inside of the Northeastern semiarid, with numerous springs that gives to the region the status of an Oasis. With all the inherent importance to this region, the fires are significant concern of local people, researchers and environmental advocates. This problem is the focus of the paper that will analyze the burned area, their causes and recurrences based on Fire Occurrence records in Chapada Diamantina National Park - Bahia (NPDC), as well as analysis of the burned area from satellite image in interpretation timescale. The National Park was created in 1985, and has an area of approximately 152.42 km2, that covers the cities of Palmeiras (5.97%), Lençóis (14%), Andaraí (23%), Itaetê (0.14%), Ibicoara (1.84%), and Mucugê (54.47%). Maps were made about fire risk, relating the probability of their occurrence, the risk and its dynamic variable, as well as the direct relationship of the fire with the natural material combustible characteristics often found on site, characterized as a static factor. Analyzes were performed of Fire Occurrence Records (ROIs) made between the years 2010 to 2014, showing that the largest fire indices are mainly in Palmeiras, followed by Mucuge, Andaraí and Lençóis. The months of December and May had the lowest rate of occurrence, especially during the drought and rainless, and those are the months with the highest number occurring in the year, within the perimeter of the National Park, which are located near springs. Local maps were made where fires occur in three different situations; before the fire, a few days after the occurrence of the fire and about a year after the fire. The research, the knowledge about the dynamics of the fire and its relation to vegetation are very important because through them we can identify or infer, such as rich and complex as this environment reacting to numerous fire incidents over the years.
metadata.dc.subject.en: Chapada Diamantina National Park (BA)
Fire register occurrence
Forest fire
Publisher: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
metadata.dc.publisher.department: CCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas
Issue Date: 29-Apr-2015
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2727
Appears in Collections:CCAAB - Bacharelado em Engenharia Florestal - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ocorrencias_Incendios_Florestais_TCC_2015.pdf12,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.