Caboclo - Repositório Institucional UFRB CCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas PPGEA - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola CCAAB - PPGEA - Teses
Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2607
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.degree.level: Doutorado
Title: Cultivo de minimelancia com águas salobras: aspectos fisiológicos, produtivos e qualidade pós-colheita
metadata.dc.creator: Ó, Laís Monique Gomes do
metadata.dc.contributor.advisor1: Azevedo Neto, André Dias de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cova, Alide Mitsue Watanabe
metadata.dc.contributor.referee1: Ribas, Rogério Ferreira
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Mairton Gomes da
metadata.dc.contributor.referee3: Gheyi, Hans Raj
metadata.dc.contributor.referee4: Silva, Petterson Costa Conceição
metadata.dc.description.resumo: Para avaliar o desenvolvimento, aspectos fisiológicos, produtivos e qualidade pós-colheita de minimelancia com água salobra foram conduzidos quatro experimentos. O primeiro experimento avaliou o crescimento inicial de minimelancia ‘Sugar Baby’ através de técnicas estatísticas univariadas e multivariadas, utilizado quatro condutividades elétricas da água de irrigação (CEa): 0,33; 1,5; 3,5 e 5,5 dS m-1. A salinidade da água afetou negativamente o tempo de emergência de mudas de minimelancia, altura e massa seca das plantas. A análise multivariada permitiu visualizar melhor os resultados. O segundo experimento avaliou a produção, qualidade, e as respostas fisiológicas e bioquímica da minimelancia ‘Sugar Baby’ em substrato utilizando dois tipos de manejo de irrigação (gotejamento convencional e por pulsos) e quatro níveis salinos da solução nutritiva de fertigação (2,5; 4,5; 5,5 e 6,5 dS m-1). A salinidade afetou algumas variáveis de produção, contudo não afetou a qualidade dos frutos de minimelancia ‘Sugar Baby’ e o gotejamento convencional foi o mais adequado para alta salinidade. A salinidade da água não comprometeu a integridade do aparelho fotossintético da minimelancia contudo, aumenta a dissipação de excitação não fotoquímica não-regulada. Os teores de sódio e cloreto e a razão sódio/potássio na folha aumentaram com a salinidade da água no manejo de pulsos. A salinidade aumentou os teores de potássio no manejo de pulsos e diminuiu no convencional. O terceiro experimento avaliou as relações hídricas, fisiologia, bioquímica, produção, qualidade pós-colheita de minimelancia ‘Sugar Baby’ cultivadas em sistema hidropônico utilizando água salobra na solução nutritiva (2,5; 3,5; 4,5; 5,5 e 6,5 dS m-1). A salinidade da solução nutritiva afetou negativamente a massa do fruto, circunferência transversal e diâmetro da polpa de minimelancia, mas não influencia o Brix. Os teores de solutos orgânicos e os íons sódio, cloreto, razão sódio/potássio e o rendimento quântico da conversão de energia fotoquímica do fotossistema II (FSII) foram reduzidos com a salinidade. A salinidade da água aumentou o teor de clorofila b e potássio na folha e rendimento quântico da perda de energia regulada do FSII. O quarto experimento consistiu em avaliar a produção, qualidade pós-colheita e teores de solutos em dois genótipos de minimelancia (Champagne e Fancy) cultivadas em sistema hidropônico usando água salobra das soluções nutritivas com diferentes condutividades elétricas: 2,5; 3,5; 4,5; 5,5 e 6,5 dS m-1. A salinidade reduziu as principais características produtivas da minimelancia, mas manteve dos padrões de aceitação comercial pós-colheita. Os resultados dos solutos orgânicos e inorgânicos nas folhas mostraram possíveis diferenças quanto à aclimatação dos genótipos à salinidade.
Keywords: Citrullus lanatus - Minimelancia
Hidroponia
Irrigação por pulsos
Abstract: To evaluate the development, physiological, productive aspects and postharvest quality of miniwatermelon in brackish water, four experiments were done. The first experiment evaluated the initial growth of 'Sugar Baby' miniwatermelon through univariate and multivariate statistical techniques, using four electrical conductivities of irrigation water (ECa): 0.33; 1.5; 3.5; 5.5 dS m-1 . Water salinity negatively affected the emergence time of miniwatermelon seedlings, plant height and dry mass. Multivariate analysis allowed for better visualization of the results. The second experiment evaluated the production, quality, and physiological and biochemical responses of 'Sugar Baby' miniwatermelon in substrate using two types of irrigation management (conventional and pulsed drip) and four saline levels of the nutrient solution for fertigation (2.5; 4.5; 5.5 and 6.5 dS m-1 ). Salinity affected some production variables, however it did not affect the quality of 'Sugar Baby' miniwatermelon fruits and conventional dripping was the most suitable for high salinity. The salinity of the water did not compromise the integrity of the miniwatermelon photosynthetic apparatus, however, it does increase the dissipation of unregulated non-photochemical excitation. The sodium and chloride contents and the sodium/potassium ratio in the leaf increased with the water salinity in the pulse management. Salinity increased potassium levels in pulse management and decreased in conventional one. The third experiment evaluated the water relationships, physiology, biochemistry, production, postharvest quality of 'Sugar Baby' miniwatermelon cultivated in a hydroponic system using brackish water in the nutrient solution (2.5; 3.5; 4.5; 5.5; 6.5 dS m-1). The salinity of the nutrient solution negatively affected the fruit mass, cross-sectional circumference and diameter of the miniwatermelon pulp, but did not influence the Brix. Organic solute contents and sodium, chloride ions, sodium/potassium ratio and photochemical energy conversion quantum yield of photosystem II (FSII) were reduced with salinity. Water salinity increased leaf chlorophyll b and potassium content and quantum yield of FSII regulated energy lost. The fourth experiment consisted of evaluating the yield, postharvest quality and solute content of two miniwatermelon genotypes (Champagne and Fancy) cultivated in a hydroponic system using brackish water from nutrient solutions with different electrical conductivities: 2.5; 3.5; 4.5; 5.5; 6.5 dS m-1. Salinity reduced the main productive characteristics of the miniwatermelon, but maintained the post-harvest commercial acceptance standards. The results of organic and inorganic solutes in the leaves showed possible differences regarding the acclimation of the genotypes to salinity.
metadata.dc.subject.en: Citrullus lanatus - Mini watermelon
Hydroponics
Pulse irrigation
Publisher: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
metadata.dc.publisher.department: CCAAB - Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias
Issue Date: 25-Oct-2021
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufrb.edu.br/jspui/handle/123456789/2607
Appears in Collections:CCAAB - PPGEA - Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cultivo_Minimelancia_Aguas_Tese_2021.pdf5,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.